Santa Rita Hoje - Site de notícias

27/09/2017 12:23

Santa Rita: feirante realiza projeto que ensina música à crianças e adolescentes da cidade

 

 

O Projeto Semente nasceu do desejo em apoiar crianças do bairro Nova Esperança, em Santa Rita, região onde há vulnerabilidade social. Criado em 2011, o projeto social contribui para a cultura do bem-estar e da felicidade, bem como da saúde emocional e psíquica, estimulando crianças e adolescentes por meio de aulas de teclado, violão, flauta doce e violino. Atualmente, cerca de 150 pessoas são beneficiadas pelo projeto, que sobrevive sem nenhum tipo de apoio do Governo ou da prefeitura da cidade.

De acordo com o idealizador da ação social, Josivaldo de Santana, 48 anos, a ideia de desenvolver o Projeto Semente, que atualmente funciona no anexo da Igreja Batista Nova Esperança; que cedeu o local, surgiu após perceber a falta de programas e ações direcionados para as crianças e jovens da comunidade, considerada de risco pelo grande índice de criminalidade. “Há alguns anos eu estava desempregado e passando por grandes dificuldades, precisando alimentar minha esposa e filhos. Foi quando um amigo me ajudou, doando cestas básicas. Um tempo depois eu consegui um emprego e me reergui. Naquele momento eu percebi que também podia ajudar o próximo. Daí me veio a ideia de criar um projeto que ensinasse música para jovens”, contou.

 

 

Inicialmente, o pequeno comerciante comprou, com recursos próprios, dez violões e quatro teclados, que foram parcelados no cartão de crédito. Em seguida, ele saiu em busca de professores voluntários e de alguma escola que pudesse ceder o espaço aos sábados para abrigar as aulas. Atualmente o projeto conta com 38 violões, 18 teclados, 11 violinos, duas baterias e mais de 30 flautas doce. Sete professores colaboram, recebendo apenas uma ajuda de custo para dar aula. “Sonho em ampliar o projeto e poder oferecer aulas durante os dias de semana”, revelou Santana.

Com a grande procura de alunos, interessados em participar do projeto, foi preciso pedir a ajuda dos moradores e pequenos comerciantes da região, que colaboram mensalmente com valores, que variam entre R$ 20 e R$ 50. “Muitos pais, ao perceberem a melhoria no comportamento dos filhos, em casa e na escola, acabam colaborando com pequenas doações. Esse dinheiro é usado para comprarmos desde lanches, que distribuímos gratuitamente no final de cada aula, até para pagarmos outros gastos, como a contribuição mensal dos nossos professores”, revelou Santana.

Para o músico e professor Hoffmann Smith, 44 anos, poder trabalhar no Projeto Semente é poder contribuir no desenvolvimento da sociedade. Segundo ele, que dá aula há três anos, o projeto assegura à crianças e adolescentes, em situação de vulnerabilidade social, o direto ao lazer, cultura, ensinamentos morais e éticos, a fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade, respeito e dignidade. “Nós não nos preocupamos apenas em dar aula de música. Fomos orientados pelo Josivaldo, que em sua simplicidade, nos mostrou que precisamos nos importar com todos os alunos. Precisamos ter a sensibilidade de perceber se eles estão felizes ou tristes e, assim tentarmos ajudá-los, seja com uma conversa ou um aconselhamento”, frisou.

 

Semeando novas oportunidades

Para Eduardo Santos de Lima, 16 anos, o Projeto Semente surgiu não apenas para ajudar a retirar crianças e adolescentes das ruas, mas também implanta dentro de cada aluno participante, uma semente de esperança num futuro melhor. “Aqui podemos aprender a tocar vários instrumentos e se quisermos, até podemos nos profissionalizar, se nos dedicarmos à música. Eu pretendo continuar no projeto até concluir os cursos de violão e bateria”, frisou o jovem.

Duciele Antônio da Silva, 15 anos, começou a frequentar às aulas de música do projeto, quando tinha 10 anos. “Aqui aprendi a não ter apenas aula de música. Os professores nos ensinam e nos orientam sobre tudo. As aulas daqui vão além de acordes. Aprendemos a sermos bons cidadãos, a respeitar pai e mãe e também os professores e às pessoas mais velhas”, ressaltou ela, que atualmente estuda aula de violão.

 

Serviço:

Projeto Semente

Local: Rua João Francisco de Araújo, 26 – Bairro Nova Esperança

Santa Rita – Paraíba (Referência: Próximo ao Ginásio de Esportes)

Horário de funcionamento: Todos os sábados, das 8h às 11h45

Contato: Josivaldo de Santana – (83) 98681 1275